Senadores querem criar a Frente Parlamentar de Defesa da Responsabilidade Fiscal

Senadores querem criar a Frente Parlamentar de Defesa da Responsabilidade Fiscal

O senador Oriovisto Guimarães (PODE-PR) anunciou, junto com o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), nesta quinta-feira (04), o início da coleta de assinaturas para a criação da Frente Parlamentar de Defesa da Responsabilidade Fiscal.

“A ideia é mostrar que o Poder Legislativo tem senadores preocupados com a responsabilidade fiscal, com o teto de gastos e que tem consciência das implicações econômicas com o aumento do dólar, da inflação, do desemprego, além de todos os problemas que essas medidas de populismo fiscal podem trazer para os brasileiros. Isso pode afetar toda a sociedade, os que estão passando fome e os que não estão passando fome”, explicou o senador Oriovisto ao anunciar a iniciativa de criação da Frente

O intuito da Frente é atuar em defesa dos fundamentos que regem a responsabilidade fiscal na gestão dos recursos públicos no Brasil. O senador Oriovisto explicou que a principal pauta será manter a análise de todas as propostas com base na responsabilidade fiscal. “A principal pauta é a responsabilidade fiscal, o respeito ao teto de gastos, à Lei de Responsabilidade Fiscal e à Regra de Ouro. Ou seja, todo populismo fiscal que aparecer nas pautas, vamos barrar. E quando houver outros assuntos, como a reforma tributária, faremos uma análise sob o ponto de vista da responsabilidade fiscal”, afirmou Oriovisto.

Em conclusão, o senador paranaense esclareceu a importância desta Frente no Senado. “Se o Senado mostrar que tem número suficiente para manter essa responsabilidade fiscal, vai acalmar o mercado, deve ajudar a derrubar o dólar e a inflação, para trazer um grande benefício a população brasileira”.