A ação visa realizar um atendimento humanizado para mulheres, crianças e adolescentes, fazendo o acolhimento das vítimas

A partir deste mês de abril foi disponibilizada na Delegacia de Polícia Cidadã de Pinhais uma sala de apoio com objetivo principal de auxiliar nas atividades desenvolvidas no combate a violência doméstica e familiar. A iniciativa tem o apoio do Conselho da Comunidade de Pinhais, Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referencia de Assistência Social –  CRAS, Conselho Tutelar e Departamento de Assistência Jurídica e Cidadania.

A ação visa realizar um atendimento humanizado para mulheres, crianças e adolescentes, fazendo o acolhimento das vítimas com vistas a identificar situações de vulnerabilidade e auxiliar no encaminhamento para atendimento especializado do município.

A intenção da “Sala de acolhimento” é dar receptividade e conforto a vítima, desestigmatizando o ambiente hostil de uma delegacia e ficando disponível para atendimento individual. Por isto, o espaço é amplo e tem uma área kids, com brinquedos, tapetes, lápis e material para colorir, permitindo que a criança se sinta mais a vontade enquanto a mãe é ouvida.

O atendimento as vítimas está sendo feito pela equipe de apoio composta por uma pedagoga e um assistente administrativo, a intenção é retirar a vitima de violência doméstica do atendimento comum e dar privacidade no relato, bem como agilidade no atendimento. Para identificar a vítima, o autor e o nível de situação de violência, está sendo aplicado um questionário que é recomendado pelo Ministério Público do Distrito Federal, e posteriormente, dar sequência as demais etapas do processo de atendimento.