a última sexta-feira (17/03/2017) a Deputada Federal Christiane Yared participou ao vivo do Programa Conhecimento em Debate pela Rádio Comunitária FM Nova Pinhais. Sob o comando de Vilmar Rodrigues Júnior, que também compõe a atual diretoria da ARCONOP, o Programa Conhecimento em Debate é transmitido pela Rádio Comunitária FM Nova Pinhais todas as quartas-feiras das 18h00min as 19h00min em FM 98,3 ou pelo site www.fmnovapinhais.com O Programa, que é sucesso de crítica e líder de audiência no horário, irá completar no mês de agosto três anos de ininterruptas transmissões. Em noite de muita emoção, também estiveram presentes o Diretor Presidente da Rádio FM Nova Pinhais Aloisio Fernando França e a Vice-Presidente Saula Dell’Antonia da Silveira. Ao final do programa, Christiane Yared recebeu das mãos do apresentador Vilmar Rodrigues Júnior uma “Placa de Homenagem” pela sua participação no programa.
Confira abaixo alguns trechos da entrevista:

Programa Conhecimento em Debate/Rádio FM Nova Pinhais:
Quais as atribuições de um deputado federal?
Christiane Yared: O Poder Legislativo cumpre papel imprescindível perante a sociedade do País, visto que desempenha três funções primordiais para a consolidação da democracia: representar o povo brasileiro, legislar sobre os assuntos de interesse nacional e fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.
Nesse contexto, um deputado federal exerce atividades que viabilizam a realização dos anseios da população, mediante discussão e aprovação de propostas referentes às áreas econômicas e sociais, como educação, saúde, transporte, habitação, entre outras, sem descuidar do correto emprego, pelos Poderes da União, dos recursos arrecadados da população com o pagamento de tributos.

Programa Conhecimento em Debate/Rádio FM Nova Pinhais:
O que é e como funciona o Instituto Paz no Trânsito?
Christiane Yared: Transformar luto em luta para mudar o perfil de um trânsito que faz uma vítima fatal, em média, a cada 10 minutos no Brasil. Certamente, esse princípio norteia a trajetória do Instituto Paz no Trânsito (IPTRAN), fundado após o bárbaro crime de trânsito, que envolveu o então deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, ocorrido na noite de 07 de maio de 2009. A resposta ao bárbaro crime foi mais rápida e intensa que o automóvel do ex-deputado. O episódio deu início ao movimento “190 km/h é crime”, que ganhou repercussão nacional, com a distribuição voluntária de 500 mil adesivos e o registro de 19 milhões de pesquisas em sites de busca. Christiane Yared, por sua demonstração de força e luta por justiça, passou a ser procurada por outras mães que viveram experiências semelhantes, na busca de consolo e orientação. Em 18 de junho de 2010, pouco mais de um ano após a tragédia familiar, foi oficializada a criação do IPTRAN, uma instituição sem fins lucrativos, não-governamental e sem vínculos partidários. Hoje, o Instituto auxilia na reestruturação psicológica de familiares e vítimas não fatais de acidentes de trânsito. No entanto, o trabalho vai além, já que a função social do IPTRAN é contribuir ativamente para a redução do número de vítimas de acidentes de trânsito mediante a promoção e o incentivo de práticas sustentáveis de mobilidade urbana. A essência da instituição é desenvolver projetos que promovam conscientização e responsabilidade em motoristas e outros atores envolvidos no trânsito, a partir de ações educativas que instiguem o comprometimento com a vida, o maior valor defendido pela instituição. Desde então, o Instituto vem se consolidando como uma referência nas discussões sobre a temática do trânsito e mobilidade urbana, e contribui dia a dia para a redução do número de vítimas de acidentes e crimes de trânsito. Para atingir esse objetivo, além do Núcleo de Atendimento às Vítimas (NAVI), o Instituto conta hoje com vários projetos em andamento, como Táxi Seguro, Reflexão, Curta a Vida, Motorista Cegonha e Multiplicadores em Ação. Christiane sempre costuma dizer que não enterrou um filho, e sim que o plantou. Com o IPTRAN, a sociedade já começa a colher os frutos.

Programa Conhecimento em Debate/Rádio FM Nova Pinhais:
Cite-nos alguns de seus principais projetos de lei.
Christiane Yared: PL758/2015: Acabando com a impunidade em crimes de trânsito; PL784/2015: Educação para o trânsito, conscientização para a vida; PL2925/2015: Obrigatoriedade de Faróis Diurnos (DLR); PL3053/2015: Infrator paga a conta do SUS; PL3806/2015: 10% do DPVAT para a Previdência; PL4860/2016: Regulação do Transporte Rodoviário de Cargas; PL5103/2016: Eficiência na fiscalização das rodovias estaduais; PL5227/2016: Agentes de trânsito no Contran; PL6098/2016: Sinalização para condutores novatos; PL6382/2016: Infrator paga a conta da Previdência; PL6097/2016: Curso de educação para o trânsito na conversão de multa; PL6096/2016: Avaliação psicológica em todas as renovações de CNH, entre outros projetos de minha autoria.

Programa Conhecimento em Debate/Rádio FM Nova Pinhais:
Como está o julgamento do ex-deputado estadual Carli Filho?
Christiane Yared: O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou liminar do último recurso do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho que tentava suspender o júri popular do caso em que é acusado de matar Carlos Murilo de Almeida e Gilmar de Souza Yared em acidente de trânsito em 2009. O ex-deputado é acusado de duplo homicídio, com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. Caso seja condenado, a pena pode chegar a 20 anos de prisão. A defesa de Carli Filho já entrou com quatro recursos no STJ na tentativa de suspender o julgamento em júri popular. Na prática, o STJ deu sua última palavra dizendo que o caso deve ser julgado como duplo homicídio doloso eventual e que a competência é do júri. Esperamos que o juri popular seja marcado para o começo do próximo ano”, disse.

Programa Conhecimento em Debate/Rádio FM Nova Pinhais:
Quais os principais contatos da Deputada Federal Christiane Yared?
Christiane Yared: Escritório Político em Curitiba: Rua do Herval, nº 164 – Alto da XV – Curitiba/Pr. Telefone: (41) 3308-9098. Site: www.christianeyared.com.br